Estudo

Votos de utilizador:  / 0
FracoBom 
Publicado em 11-06-2012
Visitas: 4235

 

Metade dos professores portugueses sofre de stress, ansiedade e exaustão 

Investigadoras do ISPA inquiriram mais de oitocentos docentes de todo o país. A indisciplina e o desinteresse dos alunos, o excesso de carga lectiva e a extrema burocracia nas escolas são os principais motivos apontados. Professores sentem frequentemente que não conseguem estar à altura do que a profissão lhes exige. Sofrem da chamada síndrome de burnout, um estado físico, emocional e psicológico associado ao stress e à ansiedade que, nos casos mais graves, pode mesmo levar à depressão.

Segundo um novo estudo conduzido por duas investigadoras do Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA), metade dos professores portugueses sofre deste distúrbio, que se manifesta mesmo nos níveis mais elevados em 30% dos docentes. O estudo resultou de inquéritos a 807 professores de escolas públicas (a larga maioria) e privadas de Portugal continental e regiões autónomas.

 

Ver notícia completa.

Fonte: Público